O silêncio é de ouro: como encontrar algum sossego na sua vida

Mensagem de erro

  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
Mulher no campo

“O silêncio é uma fonte de enorme força.”
- Lao Tzu

Um momento de silêncio cada dia é essencial e faz maravilhas à alma: tranquiliza-a, sossega a inquietude do espírito, faz sobressair todo o bom que existe dentro de nós, permite que ouçamos os nossos próprios pensamentos e emoções. Nos dias de hoje, encontrar um momento de tranquilidade diário é fundamental. Se já o encontrou, óptimo! Se não, apresentamos-lhe algumas sugestões de como encontrá-lo para que possa comprovar como o silêncio é realmente de ouro!

Levantar cedo. Se os seus dias são normalmente tão agitados e preenchidos que é completamente impossível arranjar algum tempo sozinho e sossegado, levantar-se mais cedo pode ser uma excelente solução. Claro que isto não é para todos – há quem deteste levantar-se cedo ou se ria abertamente face a tal proposta – mas não há nada como experimentar. Comece por ler os 10 benefícios de levantar cedo e como fazê-lo.

Deitar tarde. Se o despertar matinal não é para si, as noites tardias podem ser igualmente pacíficas. Quando já estiverem todos a dormir, desligue a televisão e o computador, e procure outras formas de desfrutar desse silêncio maravilhoso.

Conviver com a natureza. Grande parte das vezes, os nossos lares e escritórios podem aumentar o volume drasticamente, transformando-se mesmo em ambientes caóticos. Para fugir de todo esse ruído, saia para o ar livre e conviva com o melhor da Mãe Natureza. Pode ser algo tão simples como dar um passeio num parque ou jardim ou até fazer um percurso pedestre. Vá até à praia ou ao rio – sabe que a água é uma das maiores fontes de tranquilidade e bem-estar? Nestes cenários, em vez de tentar esquecer tudo, faça questão de observar cada detalhe.

Meditação. A maioria das pessoas não “curte” a meditação, olhando-a com desconfiança e apontando-a como sendo demasiado avant garde. O que essas pessoas não sabem é que a meditação não tem de ser complicada, muito menos difícil de executar. Experimente este exercício de meditação muito simples: feche os olhos (depois de ler este parágrafo até ao fim!) e preste particular atenção à forma como respira – a maneira como o ar entra no seu corpo e volta a sair. Entretanto vai provavelmente distrair-se, mas não faz mal. Volte a concentrar-se na respiração, regressando lentamente aos pensamentos sobre a mesma. Tente focar-se durante pelo menos um minuto, aumentando o tempo de meditação à medida que vai praticando. Uma posição confortável também é importante nestas pequenas sessões – assegure-se apenas que não seja tão confortável que adormece!
Exercício físico. O seu tempo de silêncio pode ainda ser aquele que está destinado à prática de exercício físico, seja ela uma corrida, uma caminhada, fazer piscinas, alongamentos ou andar de bicicleta. O essencial é que este momento de paz, onde por acaso está a aliviar toneladas de stress, tem o coração aos pulos e a adrenalina a fluir por todo o corpo, não podia ser mais perfeito! São alturas como estas que geram pensamentos positivos e ideias brilhantes, talvez até as melhores de todo o dia!

Faça uma pausa e dê uma caminhada. Depois de trabalhar uma ou duas horas seguidas, faça uma pausa. Afaste-se do computador ou do seu posto e espreguice-se (de forma bem educada claro!). De seguida, dê uma pequena caminhada para pôr o sangue a circular como deve ser! Pode ser dentro do seu próprio escritório ou então uma voltinha pelo prédio, mas se puder ir para o exterior apanhar um pouco de sol (ou chuva se for o caso!) e ar fresco, tanto melhor! É óbvio que as ruas da cidade são tudo menos silenciosas, mas sempre é mais agradável do que manter-se confinado dentro de quatro paredes o dia inteiro.

Ioga ou Pilates. Das modalidades mais relaxantes e tranquilas que existem, os momentos de ouro que proporcionam são inigualáveis, uma vez que está permanentemente concentrado em si, no seu corpo e no seu bem-estar global. Não é para todos, mas vale a pena experimentar.

Ler. Uma das melhores actividades silenciosas das quais podemos desfrutar é, sem dúvida, enroscar-nos no sofá com um bom livro e uma chávena de chá fumegante. O silêncio permite que nos percamos nos mundos maravilhosos da ficção. Se nos últimos tempos não tem lido tanto como gostaria, procure reservar alguns minutos sossegados todas as manhãs ou noites para voltar a incorporar a leitura na sua rotina diária.

Escrever. Há algo de muito terapêutico no acto de escrever e manter um diário – e se essa for uma actividade diária, pode ser das melhores coisas que faz em todo o dia! Para além de ser uma excelente ferramenta para reflectir sobre a sua vida, o que tem feito e o que quer fazer, vai proporcionar-lhe um histórico dos seus dias que, no futuro, vai poder rever sempre que precisar. Quem o faz diz que não há nada como a escrita para clarificar os seus pensamentos! E quem diz um diário, diz um blogue!

Tomar banho. Não há nada mais tranquilo e destressante do que o refúgio proporcionado por um banho de imersão quente e perfumado. Claro que a maioria de nós mal tem tempo para um duche rápido, quanto mais ficar de molho. Porém, vá pensando nesta sugestão e, mal possa, mime-se. Depois, repita sempre que possível.

Massagem. Se tiver dentro do seu orçamento mensal, marque uma massagem e entregue a sua hora de silêncio nas mãos de quem sabe! Desfrute da paz e do prazer do momento, enquanto alguém trata de si para variar. Para uma solução mais económica, compre alguns óleos e velas, ligue uma música suave e peça à sua cara-metade que lhe faça esse gosto. Depois retribua.

Museus, galerias de arte, bibliotecas, jardins. Se vive numa cidade, nem sempre é fácil encontrar locais sossegados. Mas existem! Alguns dos espaços citadinos mais tranquilos e convidativos são, de facto, os seus museus, galerias de arte, bibliotecas e jardins. Descubra-os e faça deles o seu oásis privado.

Para quem tem crianças. Claro que encontrar o seu tempo dourado quando se tem crianças parece utópico, mas não é. Que tal aproveitar as tais manhãs ou noites enquanto a pequenada dorme? Ou combine esse tempo privado com o seu marido/mulher e enquanto você desfruta ele/ela fica com as crianças e depois trocam? Pode fazer o mesmo com uma amiga ou familiar; ou então contratar os serviços de uma babysitter. Tudo se consegue, basta querer.

Avaliação: