Como enfrentar e lidar com a mudança na sua vida

Ao longo de toda a nossa vida somos confrontados com momentos de mudança que criam quase sempre insegurança e até, nalguns casos, medo. Contudo, esta atitude pode não ser a mais favorável, pois a mudança pode levar-nos a experienciar novas e interessantes situações, que devemos tentar encarar de forma positiva. Saiba como enfrentar e lidar com a mudança na vida sem medo, evitando as emoções negativas.

Porque mudar é preciso!

A rapidez que caracteriza a sociedade atual, dominada pela mudança contínua, cria em nós sentimentos de insegurança, uma vez que somos obrigados a adaptarmo-nos continuamente a novas regras, novos hábitos, novos modos de estar e de trabalhar. Todas estas situações são, normalmente, precedidas de sentimentos antagónicos: receio, mas simultaneamente curiosidade; vontade de não mudar mas, ao mesmo tempo, vontade de experimentar.

É esta atitude de abertura face à mudança que deve caracterizar a nossa vida, pois tudo se torna mais fácil, quer quando se trata da mudança de emprego, quer da necessidade de deixarmos a casa ou a localidade onde sempre vivemos, por exemplo. Mesmo as pessoas que sempre acharam que teriam o mesmo emprego para o resto das suas vidas estão a ser confrontadas, num mercado de trabalho cada vez mais competitivo, com o desemprego, com a necessidade de mudar de posto de trabalho pelos mais diversos motivos ou até de se lançar na procura de um emprego que realmente o apaixone. Este é apenas um exemplo das grandes mudanças que marcam o nosso atual estilo de vida. Certamente se lembram ou já passaram por outro tipo de grandes mudanças, não é verdade?

O que fazer para encarar de forma positiva todas estas mudanças?

  • Mantenha-se atualizado sobre o mundo que o rodeia. Não deixe que a mudança o apanhe de surpresa e prepare-se para ela, com pensamentos positivos: mudar é sempre bom! Para além de conhecer novas pessoas, terá a oportunidade de se expandir e crescer em termos pessoais e/ou profissionais.
  • Assuma que a mudança é necessária, para fazer face a um novo paradigma da sociedade e que todos à sua volta são confrontados com mudanças constantes. A vontade de mudar acaba por caracterizar a nossa sociedade e facilita o processo de adaptação a uma nova realidade. Nós não somos diferentes de todos os outros que já foram confrontados com processos de mudança. Fechar um capítulo na sua vida e abrir outro pode ser exatamente aquilo de que está a precisar.
  • Reflita sobre os aspectos que tem mais dificuldade em aceitar no processo de mudança e procure encontrar caminhos que o ajudem a encarar todas as alterações de forma positiva. “Esta situação causa-me constrangimento, mas se fizer _______ tudo correrá bem!”. “Estou assustado, mas sei que esta mudança vai trazer-me muita felicidade e por ela eu sou capaz de _______ !”; “Isto não vai ser fácil, mas posso sempre contar com _______!”). Visualizar o futuro é uma excelente dica para afastar os pensamentos negativos.
  • Envolva-se de forma empenhada em todo o processo de mudança, para que possa acompanhar todos os aspectos a si associados. Desta forma, estará a preparar-se para tudo aquilo que uma nova e renovada vida lhe vai trazer, sem surpresas inesperadas (e até desagradáveis). Não há nada como estarmos bem preparados!
  • Se, mesmo assim, se sentir pouco confiante, experimente falar com um amigo ou familiar em quem confie e discutam todos os aspectos envolvidos nessa mudança: os desafios que vai encontrar, os problemas que receia ter de enfrentar, as soluções que acha mais adequadas. Em conjunto, revejam todas as hipóteses e deixe-se envolver por todas as propostas que forem surgindo. Quando se sentir inseguro, volte a falar com o seu amigo ou reveja num caderno onde possa ter tomado nota de todo o plano que traçaram, procurando encontrar novos caminhos e alternativas, se necessário.
  • Assuma as suas fraquezas, mas não deixe que elas tomem conta de si e que o medo se sobreponha à vontade de encarar de forma positiva a mudança. Desta forma, ao estar consciente dos seus pontos fracos, poderá controlá-los muito mais facilmente. Não se esqueça: na hora de qualquer mudança, a autoestima quer-se lá em cima!

Encare de frente a mudança e não se esqueça que o mundo é caracterizado pela evolução constante. Atualmente, essas mudanças estão cada vez mais presentes, daí a importância de se munir com algumas estratégias, como as que foram aqui apresentadas, no sentido de criar a flexibilidade necessária para reagir de forma positiva às novas situações. Boa sorte, boa mudança!

Avaliação: