Cansado de estar cansado?

Mensagem de erro

  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
Mulher cansada e deitada na cama

“Um homem cansa-se mais quando se mantém parado.”
- Provérbio chinês

Não é fácil passar o dia, os dias ou até as semanas a sentir-se cansado e sem energia suficiente para enfrentar a vida. Quando estamos cansados, pouco ou nada é apelativo, somos pouco ou nada produtivos e, pior, não temos a energia necessária para dar a volta à situação.

Infelizmente, o ritmo acelerado da sociedade moderna tem-nos ensinado a ignorar os sinais de alerta que o nosso corpo nos envia: aliás, passamos grande parte da vida a treinar as nossas mentes para fingir que os nossos corpos não estão cansados, precisamente para sermos mais produtivos.

Como é óbvio, isto não está certo. O resultado é a não-produtividade e a exaustão total porque acabamos por esgotar a pouca energia que já temos. Ouça o seu corpo: a longo prazo, a sua saúde física e mental dependem disso.

Porque é que estamos cansados?

Regra geral, estamos cansados porque não descansamos o suficiente. Óbvio, não é verdade? Mas se é assim tão óbvio porque é que o ignoramos tão bem? Não descansamos o suficiente porque não é tão importante como o resto das coisas que temos para fazer: levantar cedo, deitar tarde, fazer isto e aquilo, ir a várias reuniões, navegar na Internet e, claro, ver televisão! Prejudicamos o descanso a favor destas coisas que aparentemente são muito mais importantes e depois questionamo-nos porque é que os nossos níveis de energia estão tão baixos…

Mas há mais. Se é como a maioria das pessoas, toma café logo de manhã e talvez outro a meio da manhã e talvez outro depois do almoço… para se sentir com energia, claro está. Porém, a meio da tarde estará a sentir a “ressaca da cafeína” e o cansaço abate-se sobre si com toda a força.

Para além disso, corremos depressa demais e a vida é muito mais longa do que uma corrida! Experimente o seguinte: vá até lá fora e corra o mais depressa possível durante 2 minutos. Pare, respire e repita. Veja quanto tempo consegue fazer estas repetições – a maioria não aguenta muito tempo. E os nossos dias são assim, uma série de corridas que quase não nos deixam respirar.

Nota: é importante referir que o cansaço/fadiga crónica pode ser indicativo de outro problema de saúde e este assunto deve ser abordado com o seu médico de família.

O que fazer se está demasiado cansado para fazer o que quer que seja

A primeira sugestão é simples, óbvio e eficaz: fazer uma sesta. Se não for possível, então procure o silêncio e desligue-se do computador e/ou telemóvel durante alguns minutos/horas. As novas tecnologias são uma parte importante do nosso dia-a-dia, mas em excesso também se tornam extremamente cansativos. Desligue-se e apanhe um pouco de ar fresco, saia das quatro paredes e dê um passeio a pé. Desmarque um compromisso ou dois. Estique as pernas, relaxe os ombros. Feche os olhos durante alguns minutos. Respire. Estes são apenas alguns pequenos gestos que pode fazer de imediato para o ajudar a descansar.

Outras sugestões

Depois de dados os primeiros passos, a verdade é que estará mais descansado e com energia suficiente para dar mais alguns passos em direção ao bem-estar e longe do estado de cansaço permanente.

  1. Durma mais. Se não está a dormir pelo menos 7 horas por noite, o mais certo é que não está a dormir o suficiente. A maioria das pessoas necessita de dormir 8 horas por noite e outras precisam de mais – descubra qual é a sua necessidade em termos de sono e vá para a cama mais cedo. Ler um bocadinho antes de apagar a luz é um ritual relaxante e perfeito para chamar o sono. Se tem problemas de insónias experimente estas dicas.
  2. Faça pausas e estique as pernas. Passamos demasiado tempo sentados em frente ao computador, o que acaba por reduzir os níveis de energia. Para combater isso, levante-se para esticar as pernas, os braços e as costas a cada 20-25 minutos. Ande de uma ponta do escritório à outra, mexa-se (dance, faça flexões, alongamentos, salte à corda) e ative a circulação.
  3. Pratique exercício físico regularmente. Esta sugestão é óbvia, mas também nunca é demais lembrar que mesmo um bocadinho de atividade física pode ajudá-lo a sentir-se mais enérgico ao longo do dia. Grandes sessões de exercício físico podem deixá-lo exausto – e nesse caso deve descansar – mas sessões de exercício físico mais pequenas podem deixá-lo um pouco cansado fisicamente, mas em termos mentais sentir-se-á fabuloso.
  4. Reduza a quantidade de cafeína que consome. Se deixar o café de forma radical, o mais certo é ter zero energia; mas, se começar a reduzir lentamente a quantidade de cafeína que consome, juntamente com as restantes dicas aqui apresentadas, vai sentir-se bem. Ao reduzir o número de cafés, também vai evitar aquela terrível quebra pós-almoço/meio da tarde. Se a falta de cafeína o deixar cansado, compense com uma pequena sesta se possível.
  5. Seja menos ocupado. É verdade! Nos dias que correm estamos sempre demasiado ocupados! Por isso, e a bem do seu descanso, elimine alguns compromissos, faça questão de ter algum tempo livre, viva a um ritmo mais lento. Os seus níveis de energia agradecem!
  6. Concentre-se. Os nossos dias são passados a fazer múltiplas tarefas em simultâneo – uma espécie de malabarismo mental que acaba por nos deixar literalmente esgotados. Concentre-se numa tarefa de cada vez, esteja inteiramente presente naquilo que está a fazer – seja uma reunião, seja uma conversa telefónica, seja a lavar a loiça. Fazer uma coisa de cada vez é menos cansativo e torna cada tarefa mais fácil de executar.
  7. Mantenha-se hidratado. A maioria das pessoas não sabe que o facto de beber pouca água contribui significativamente para o cansaço que sentem. Beba bastante água ao longo do dia e verá certamente a diferença.  
  8. Refresque-se. Por vezes, não precisa mais do que um duche frio e rápido a meio ou no final da tarde para se sentir revitalizado. Se não for possível, lave a cara com água fria. Ou então basta mudar de roupa ou até mesmo de meias para se sentir instantemente mais fresco e pronto para qualquer coisa.
  9. Trabalhe nalguma coisa que o entusiasme. Se estiver apaixonado por aquilo que faz, sentir-se-á cheio de energia. Se não tiver qualquer interesse no seu trabalho, vai passar o dia a arrastar-se de um lado para o outro e a fazer as coisas mecanicamente. Descubra a sua paixão e siga-a!
  10. Trabalhe com pessoas interessantes. Se trabalhar rodeado por pessoas que estão tão apaixonados pelo trabalho como você, sentir-se-á ainda mais motivado para fazer aquilo que faz. É incrível trabalhar com uma pessoa ou uma equipa que adora o seu trabalho. Se não tem isso ou não sabe o que isso é, está na altura de descobrir!
  11. Aprenda a viver sem esforço, sem forçar demasiado. Os nossos dias podem muitas vezes ser comparados com o seguinte cenário: passamos o dia a remar contra a corrente, o que torna o ato de nadar exaustivo. Em vez de lutar contra o mundo, aprenda a deslizar com a corrente, deixe-se flutuar, deixe as coisas correrem naturalmente.
Avaliação: