8 ideias para simplificar ao máximo um casamento

Mensagem de erro

  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
Noivos na praia

“Adoro estar casada. É maravilhoso encontrar aquela pessoa especial que vai querer irritar para o resto da sua vida.”
- Rita Rudner

Organizar um casamento não é tarefa fácil, uma vez que, para assegurar o sucesso e a alegria de um dos dias mais bonitos da vida de um casal, é preciso ouvir opiniões divergentes, fazer cedências, abdicar de algumas coisas em detrimento de outras e vigiar um orçamento que quase nunca é ilimitado. Independentemente do tipo de casamento com que sempre sonhou, estas dicas foram pensadas para ajudá-lo a simplificar todo o processo, reduzir o stress e aumentar a felicidade.

  1. Lista de convidados curta. Quantas mais pessoas pensar convidar para o casamento, mais trabalho e preocupações terá, para não falar num orçamento mais elevado. Se a ideia é simplificar, reduza a lista de convidados para o mínimo possível, ou seja, apenas aqueles familiares e amigos sem os quais não imagina dar o nó. Outra forma de conseguir uma lista de convidados curta é não incluir pessoas idosas, família muito afastada (primos em segundo e terceiro grau, tios-avós, etc.) e crianças, por exemplo.
  2. Menu simples. Os melhores sabores não são sinónimo de muito e caro, ou seja, em vez de optar por um almoço sentado com 3 pratos e 2 sobremesas, mais o bolo dos noivos e uma ceia abastada, porque não servir um jantar light, utilizando o próprio bolo dos noivos como sobremesa e um chã no final da noite? Existem várias formas de elaborar um menu simples e apetitoso, basta puxar pela imaginação. Embora, todos os noivos queiram proporcionar uma refeição deliciosa aos seus convidados, o convívio e a celebração do casamento deve ser mais importante para os convidados, do que qualquer banquete.
  3. Vestuário versátil. Entre o vestido da noiva, o fato do noivo, os vários acessórios e roupas necessárias para os meninos das flores e das alianças, o cenário pode tornar-se caótico e caro. Nem sempre a marca mais luxuosa é a mais bonita ou apropriada, por isso, pode pensar em alternativas: fazer um vestido é sempre mais barato do que comprar um feito; já sonhou levar o vestido de casamento da sua mãe ou de outro familiar… não há melhor ocasião. O fato do noivo pode ser alugado ou então adquirido com a intenção de voltar a ser usado… sem cerimónias. A beleza está na simplicidade, a simplicidade é beleza e no meio de tudo isso, não se pode descurar o conforto. 
  4. Convites convenientes. Os custos de um casamento começam com os convites, sendo que cada exemplar – dependendo do tipo de papel utilizado e dos seus acabamentos – pode apresentar um preço de abrir a boca… principalmente quando se tem de multiplicar o valor por várias dezenas de convidados. Uma das actuais tendências é fazer os próprios convites em casa, utilizando uma boa impressora, papel de qualidade e uma pitada de imaginação para um efeito igualmente atractivo. O que poupou nos convites pode canalizar para os selos, não tendo assim de fazer muitos quilómetros para entregar cada convite pessoalmente, ou então, pode fazê-lo presencialmente, agrupando o máximo de pessoas possível numa reunião familiar ou então pedindo à própria família para ajudar na distribuição. Há quem já opte por enviar convites vai e-mail e sms… mais simples é impossível.
  5. Uma boa impressão. Muitas vezes os noivos são “apanhados” num espírito de “quanto mais melhor” ou “temos de impressionar toda a gente com o casamento mais luxuoso de sempre”… mas afinal esta não é suposto ser uma celebração do amor? Ao concentrarem-se na grandiosidade do evento, esquecem-se do seu simbolismo, para não falar em contas e dores de cabeça acumuladas. Os convidados serão sempre impressionados, nem que seja pelo facto de vocês casarem, o que é muito mais especial do que centros de mesa com as flores mais exóticas do mundo. Afinal de contas, trata-se de apenas um dia que muitos depressa esquecem. Concentrem-se no essencial, minimizem os níveis de stress e aproveitem o dinheiro para a lua-de-mel!
  6. Decorar com estilo. Também neste campo é muito fácil deslumbrar sem cair em exageros e/ou esvaziar a carteira. Consegue-se um centro de mesa fantástico com recurso às flores da época, algumas velas e um pouco de inspiração; o mesmo aplica-se às lembranças que são cada vez mais lembranças caseiras – potinhos com compota feita em casa ou um CD com fotografias dos noivos, por exemplo. Há ainda quem simplifique ao máximo e opte por não oferecer lembranças, o que é uma escolha perfeitamente plausível. Os noivos podem até conhecer alguém que goste particularmente de decoração e trabalhos manuais, podendo dar algumas ideias ou até mesmo ajudar a elaborar o que for preciso. Até os noivos podem ter jeito para dar um toque de “faça você mesmo” à sua própria festa, partilhando ideias e sessões de trabalho em conjunto para produziram algo que é literalmente seu. Apenas uma dica no que toca a esta matéria: é importante ter em atenção os timings, para não andarem a fazer noitadas antes do grande dia para terminarem todos os projectos a tempo.
  7. Entretenimento em conta. Conciliar o coro da igreja, o trio de jazz para sonorizar o momento dos aperitivos, os animadores para as crianças e ainda um DJ para assegurar que a festa dure até de madrugada pode ser entretenimento e preocupação a mais. Para não falar nos custos, mais uma vez. O entretenimento é uma das vertentes mais importantes da recepção, por isso, guarde-o exclusivamente para o momento da festa propriamente dita. Os aperitivos e jantar podem ser servidos ao som de música ambiente com CDs que contenham as músicas preferidas dos noivos, por exemplo; e pode contratar uma banda (ou até uns amigos) para assegurar a restante animação, que já só durará algumas horas. Menos é sempre mais.
  8. Pedir ajuda e delegar tarefas. Embora os preparativos de um casamento sejam muito pessoais e extremamente especiais para os noivos, existem pequenas coisas que familiares e amigos podem ajudar a concretizar para aliviar um pouco a tensão e correria, contribuindo para uma lista de afazeres cada vez mais curta. A ajuda proveniente de outro par de olhos e de mãos será mais do que preciosa, não só durante a fase dos preparativos, como também no próprio dia. Assim, sabendo que está tudo sobre controlo, os noivos podem realmente desfrutar do seu casamento. É óbvio que a palavra final será sempre dos noivos, mas as pessoas vão adorar ajudar e participar e, no final, vai agradecer-lhes por isso.   
Avaliação: