7 passos para ultrapassar a resistência e realmente concretizar alguma coisa

Mensagem de erro

  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
Mulher a escrever junto ao mar

Ser mais produtivo e mais eficiente todos os dias está intimamente ligado a uma questão crucial: ultrapassar a resistência que nos impede de concretizar tudo aquilo que temos para fazer. E é precisamente porque temos dificuldade em superar essa resistência que procrastinamos tanto, deixando para amanhã aquilo que efetivamente podíamos fazer hoje. Aprenda a lutar contra a resistência para criar novos e bons hábitos, para encontrar a simplicidade e a felicidade, para fazer aquilo que tem para fazer, sempre com vontade e prazer.

  1. Tenha consciência. O grande problema em ultrapassar a resistência é que raramente pensamos na própria resistência, ou seja, não a compreendemos, nem temos consciência da sua presença. Pensamos “tenho de limpar o frigorífico” ou “tenho de organizar a minha lista de afazeres”, mas num ápice somos distraídos pela Internet, por um telefonema ou por um programa televisivo, entre milhares de outras distrações. A única forma de combater este ciclo vicioso é reconhecer e enfrentar a resistência – quando tiver a verdadeira consciência da sua existência, será mais fácil lutar contra ela e vencê-la. Porém, a dificuldade é estar realmente atento à sua presença, algo em que terá de se concentrar durante alguns dias. Imprima as palavras “Derrubar a resistência!” e coloque essa folha de papel num local bem visível, que o ajudará a tomar consciência da resistência enquanto trabalha. Sempre que fizer alguma coisa que não é prioritário, tenha consciência disso.
  2. Seja um profissional. Uma das melhores formas de combater a resistência é ser um bom profissional. Ao contrário de um amador, um profissional apresenta-se ao trabalho pronto para trabalhar. Um profissional assume o seu trabalho a 100% e adora o que faz – também sabe que é apenas uma questão de aparecer para trabalhar e começar efetivamente a trabalhar, o resto virá por si só. Enfrente o trabalho como um profissional e conseguirá concretizar tudo aquilo a que se propuser.
  3. Seja muito claro e concentre-se. Antes de começar cada dia, seja muito claro consigo mesmo acerca daquilo que quer concretizar. Pode não conseguir terminar 10 projetos importantes, mas talvez possa concretizar um desses projetos ou então adiantá-lo bastante. Defina as 3 tarefas mais importantes que tem para fazer nesse dia e concentre-se exclusivamente nessa pequena lista. Comece e termine essas 3 tarefas antes de fazer outra coisa qualquer. Quando tiver concretizado essas 3 grandes tarefas passe para os pequenos afazeres que tinha em mente terminar nesse dia. Sempre que se sentir a dispersar daquelas 3 tarefas (e com vontade de fazer coisas inúteis!), relembre aquela pequena lista e volte a concentrar-se nela.
  4. Remova todas as distrações. Não perca muito tempo com isto porque eliminar distrações pode ser, em si, uma grande distração. Em vez disso perca um minuto para fechar a sua caixa de e-mail e desligar o Messenger – se possível, desligue a Internet por completo. Feche todos os programas e documentos que possa ter abertos, exceto aquele em que vai trabalhar. Organize muito rapidamente a secretária, desligue ou coloque em silêncio os telefones, coloque uns auscultadores ou alerte os colegas de trabalho (ou família no caso de trabalhar em casa) de que não quer ser incomodado durante a próxima hora (ou o tempo em que pretende trabalhar em determinada tarefa). Comece a trabalhar.
  5. No sítio do costume, à hora do costume. Ultrapassar a resistência também passa pela criação de hábitos que nos relembram que é preciso arregaçar as mangas e trabalhar. Comece a trabalhar sempre à mesma hora, de preferência com o mesmo tipo de tarefa, assim, quando o relógio marcar essa hora já sabe o que lhe espera e a única coisa que tem de fazer é começar a trabalhar. Não há volta a dar!
  6. Conheça a sua motivação. Porque é que está a fazer isto? Qual a importância desta tarefa? Qual o seu objetivo final? Qual a importância dessa meta final para si? Porquê? É importante que saiba a resposta a estas e outras perguntas semelhantes para que possa ter a motivação necessária para ultrapassar a resistência.
  7. Simplesmente comece. No fundo, não há melhor dica ou conselho do que o seguinte: sente-se e comece a trabalhar. Sente resistência até em fazer isso? Não há outra forma de ultrapassá-la sem ser simplesmente começar. Quer realmente começar, mas sente a vontade de fazer outra coisa qualquer? Pare, evite a distração e lembre-se daquilo que realmente tem de fazer e porquê. Prepare-se, sente-se e comece – começar é realmente a coisa mais importante que pode fazer para ultrapassar e vencer a resistência todos os dias, seja qual for a tarefa. Agora pare de ler isto e comece a fazer o que tem para fazer!
Avaliação: