16 dicas para manter-se 100% concentrado no trabalho

Homem concentrado

Nos dias que correm a concentração é uma coisa rara. Temos telemóveis para falar, enviar e receber mensagens, telefones fixos, Internet, e-mail, SKYPE, Facebook, Instagram, Whatsapp, Gtalk… e a lista não tem fim. Se nunca sofreu da síndrome de défice de atenção antes, o mais certo é que em horário de trabalho esta seja a sua maior inimiga.

A concentração é algo que requer luta, não é uma coisa que simplesmente ligamos cada vez que precisamos dela. Se quiser trabalhar em modo 100% concentrado, terá de assegurar um ambiente de trabalho perfeito. Foi nesse sentido que reunimos estas dicas:

  1. Utilize ferramentas offline. Blocos de notas, cadernos, papel reciclado, canetas, lápis e outras ferramentas físicas são dádivas para quem tem dificuldade em concentrar-se ao longo do dia de trabalho. São tão fáceis e rápidas de utilizar, que não temos de nos preocupar em desconcentramo-nos.  
  2. Faça mais pausas. Mais pausas = maior produtividade. Pode parecer um contra-senso mas não é. As pausas permitem-nos pôr as ideias em ordem e concentrar-nos na tarefa que temos em mãos. Para além disso, são uma fonte de energia para que não nos sintamos esgotados após as primeiras horas de trabalho.
  3. Tarefas mais pequenas. Quando estiver a planear o seu dia, certifique-se que as tarefas na sua lista de afazeres sejam pequenas, ou seja, em vez de escrever “terminar relatório mensal de 20 páginas”, reparta essa tarefa em várias, mais pequenas, como: “delinear esquema do relatório”, “escolher título”, “fazer pesquisa” ou “organizar informação preliminar”. É mais fácil focar-se em várias pequenas coisas, do que numa gigantesca.  
  4. Mantenha um ritmo estável. Não tente fazer demais. Se mantiver o seu ritmo de trabalho estável, é mais fácil geri-lo e manter-se atento. Infelizmente, muitas pessoas confundem isto com “trabalhar até não poder mais, sem qualquer pausa”. Recorde a dica 2.
  5. Um post-it por dia. Se passarmos o dia inteiro em frente a um ecrã e não tivermos cuidado, é muito fácil perdemo-nos nas “ratoeiras” do computador – diga-se, Internet! Se tiver um post-it colado à sua frente com um objectivo diário, é uma excelente forma de manter a claridade, sendo ainda um lembrete para aquilo que tem mesmo de fazer hoje.  
  6. Mentalize-se que o computador é apenas uma ferramenta de trabalho. É demasiado fácil deixar-nos embalar pelas maravilhas do computador, deixando que este faça tudo e mais alguma coisa. No fundo, o computador não é mais do que uma eficiente ferramenta de trabalho. Se está a utilizá-lo para mais do que isso – como um substituto para a sua vida social, por exemplo – as coisas podem não correr da melhor forma.
  7. Planeie o seu dia até ao último minuto. Se a preguiça estiver à espreita várias vezes ao longo do dia, pode ser porque não tem feito pausas suficientes e/ou porque não planeou o seu dia da forma mais eficiente. Planeie o seu dia ao máximo, certificando-se que a sua lista de afazeres tenha várias pequenas tarefas, fáceis de executar. A satisfação que sentirá ao riscar item atrás de item é muito compensadora.
  8. Esteja atento às rotinas de preguiça. A desconcentração, muitas vezes resultante da preguiça, instala-se diversas vezes ao dia. Esteja atento a esses momentos e planeie as suas pausas para essas alturas. Não vai fazer nada e não.
  9. Planeie na noite anterior. Planear o seu dia na noite anterior é uma excelente forma de começar a entrar em “modo concentração”. Dormir sobre as suas tarefas e objectivos para o dia seguinte pode ajudar o seu cérebro a processar aquilo que lhe espera amanhã. Chamemos-lhe concentração antecipada! 
  10. Desligue qualquer input extra. Pode ser o e-mail, o SKYPE ou as SMS, a verdade é que cada um de nós tem a sua “perdição”. Desligue qualquer distracção tecnológica que tenha à sua volta – querem apenas roubar a sua atenção e não vão descansar até conseguirem!
  11. Estabeleça prazos. Não há melhor motivação do que um prazo. Por isso mesmo, uma das formas mais eficazes de manter-se imerso no seu trabalho é estabelecer prazos para a sua conclusão. Os seres humanos são, por natureza, procrastinadores, ou seja, vamos demorar todo o tempo que temos disponível para terminar uma tarefa para, de facto, a concluir. Estabelecer um prazo limite viável é uma excelente maneira de pôr qualquer projecto em marcha rápida.  
  12. Mantenha um diário. Pode ser um moleskine ou um velho caderno, o importante é que mantenha um diário daquilo que concretizou ao longo do dia. Para além de manter tudo organizado e à mão, é um excelente arquivo do que já foi feito. Ver e saber tudo aquilo que já conseguiu concluir é um bom truque para manter-se 100% concentrado, com os olhos postos na meta final.
  13. Utilize programas que registam onde gasta o seu tempo. Quer realmente saber quanto tempo passa por dia/semana/mês num determinado site ou com este ou aquele programa? Existem outros programas (como o Rescue Time) que permitem esta análise… uma boa forma de ver quais têm sido as suas prioridades. Se calhar não vai é gostar daquilo que vai ver 
  14. Visualize o seu dia logo de manhã, antes de tudo começar. Um pouco de meditação pré-trabalho sobre as prioridades para aquele dia é uma óptima maneira de começar o dia concentrado e com os níveis de produtividade em alta.
  15. Comece bem o dia, todos os dias. Não há melhor forma de começar o dia do que com um bom pequeno-almoço, aliado a um pouco de silêncio ou, em contrapartida, de exercício físico. O sucesso do seu dia está garantido. Pode parecer um cliché, mas funciona. Experimente!
  16. Cuide de si. Quer trabalhe fora ou em casa, não descure a sua apresentação: a sua performance depende da forma como se sente. E se se sentir atraente, bem apresentado, profissional, pronto para o que der e vier, provavelmente será mais produtivo. Quanto mais informal ou casual estiver (nada de pijamas para quem trabalha em casa!), maior a probabilidade do seu trabalho ser feito em modo casual.
Avaliação: