10 locais zen a descobrir em Lisboa

Mensagem de erro

  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 206 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 213 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
  • Notice: Array to string conversion em views_plugin_cache->gather_headers() (linha 218 de /home/estadoze/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_cache.inc).
Jardim Botânico da Ajuda

No meio da sua efervescência e burburinho próprios de uma grande capital europeia, a cidade de Lisboa oferece uma enorme variedade de locais onde se pode meditar e contemplar a natureza. Conheça 10 locais zen a descobrir em Lisboa e viva o seu quotidiano de uma forma ainda mais aprazível.

1. Jardim Botânico da Ajuda

Situado na freguesia de Santa Maria de Belém, no topo da calçada da Ajuda, o Jardim Botânico da Ajuda (JBA) tem cerca de 250 anos de idade. É o jardim botânico português mais antigo da atualidade, tem uma área de 3,5 hectares e foi elegantemente desenhado e projetado sob fontes imponentes e soberbas balaustradas bem como um impressionante grupo de esculturas. A par de todos estes atrativos, o JBA tem ainda recantos lindíssimos onde se encontram as mais diferentes espécies de plantas, o que garante uma busca de paz, sossego e tranquilidade únicos.

2. Estufa-fria

A Estufa-fria encontra-se no Parque Eduardo VII, no coração de Lisboa, perto do Marquês de Pombal. A Estufa-fria é um local paradisíaco que ocupa uma superfície de 1,5 hectares de área. Por toda a Estufa encontram-se plantas belíssimas e flores das mais diversas cores e formatos enquadradas em ruas onde serpenteiam lagos murmurantes, fontes cristalinas e cascatas de águas brilhantes e translúcidas. Desde há muito procurado por quem desfruta da sua vida ao máximo, este jardim em estufa é um dos ex-líbris de Lisboa, um autêntico colírio para os olhos cansados da agitação urbana.

3. Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian

O Jardim da Gulbenkian, nome pelo qual é mais conhecido, localiza-se na Avenida de Berna, na proximidade da Praça de Espanha, mesmo ao lado da Fundação Calouste Gulbenkian. Inteligentemente desenhado, apresenta uma área de 9 hectares e inúmeros trilhos que seguem por ruas ornadas de arvoredos e de vegetação variada. Dispondo de diversos lagos, riachos e superfícies ajardinadas o Jardim da Gulbenkian tem também um anfiteatro para apresentação de concertos e espetáculos. Neste Jardim é possível relaxar com o chilrear dos pássaros e, ao mesmo tempo, contemplar os patos e os peixes que nadam tranquilamente nos lagos. Sendo um local zen por excelência, o Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian foi classificado como monumento nacional em 2010, tal como o edifício-sede da Fundação.

4. Parque das Nações

Na zona oriental de Lisboa encontra-se o Parque das Nações, local onde se realizou a Exposição Internacional em 1998. Muito procurado por famílias e pessoas que pretendem usufruir da proximidade do rio Tejo e do encanto das zonas verdes, o Parque das Nações afirma-se como uma das zonas da cidade que está cada vez mais na moda. Ir passear à Expo é sinónimo de poder desfrutar de sombras refrescantes ou de longos passeios ribeirinhos e horas tranquilas passadas na contemplação das águas mansas do rio. O Parque das Nações é, sem dúvida, um dos lugares obrigatórios para quem pretende relaxar em pouco tempo sem ter que se afastar de Lisboa.

5. Passeio Ribeirinho de Lisboa

Estende-se desde o Cais das Colunas até às proximidades do mítico Cais do Sodré e é uma zona nobre da cidade de Lisboa vocacionada ao lazer e aos passeios ribeirinhos. As esplanadas nesta zona ribeirinha não estão propriamente vocacionadas para silenciosas contemplações meditativas devido ao grande número de pessoas que acorrem a esta zona da cidade e que preenchem o espaço com conversas, cânticos e gargalhadas. Porém, para quem se conseguir abstrair deste ambiente e se sentar calmamente num dos degraus em pedra que entram literalmente pelo Tejo adentro ou para quem se estender languidamente numa das zonas relvadas da Ribeira das Naus este é o lugar certo para estar em repouso e em sossego.

6. Jardim do Campo Grande

Ocupa uma área de aproximadamente 11 hectares e é o maior jardim do centro de Lisboa. Encontra-se no Campo Grande e dispõe de muita vegetação, árvores frondosas e antigas, flores, bancos de jardim e um lago bonito onde é possível passear nos tradicionais barcos a remos. Este jardim é muito frequentado por famílias com crianças e por pessoas que sozinhas procuram descansar do bulício da cidade aproveitando as sombras e a tranquilidade da frescura do Campo Grande. Possibilita belas caminhadas pelas suas alamedas e demoradas contemplações na amurada do lago ou em alguma das zonas relvadas disponíveis por todo o Jardim.

7. Parque Florestal do Monsanto

Conhecido como o “pulmão” da capital portuguesa, o Monsanto ocupa uma área equivalente a 10% do concelho de Lisboa, cerca de 1000 hectares de terreno. O parque oferece a quem o visita inúmeras hipóteses de caminhadas, percursos para bicicletas, circuitos de manutenção e a possibilidade de usufruir de vistas maravilhosas sobre a cidade de Lisboa, o oceano Atlântico e, claro, o Tejo. Constituído por um emaranhado de trilhos e passagens térreas, o Monsanto é o que mais se assemelha a uma floresta selvagem no meio da cidade. É possível passarem-se horas a fio sem se conseguir percorrer toda a extensão do Monsanto. O contacto com a natureza é o cartão de visitas do parque e, como tal, é difícil encontrar um local mais zen no interior da cidade de Lisboa.

8. Miradouros de Lisboa

Os miradouros da capital alfacinha são lugares extraordinários para a contemplação da paisagem e para viver uma vida menos stressante. São muitos os miradouros de Lisboa onde se pode desfrutar de vistas soberbas de Lisboa e do Tejo e dos mais importantes destacam-se o Miradouro da Graça, da Penha de França, da Senhora do Monte e de Santa Catarina. Muitos outros Miradouros lisboetas permanecem mais ou menos desconhecidos do grande público sendo procurados quase restritamente por quem sabe que eles lá estão. 

9. Castelo de São Jorge

Localizado na freguesia de Santa Maria Maior, o Castelo de São Jorge encontra-se no topo da colina mais elevada da capital portuguesa e proporciona uma vista deslumbrante sob a cidade. Dotado com vários miradouros, o Castelo permite largas horas de meditação e de encantamento e não é raro encontrarem-se ali várias pessoas de olhar perdido e preso no horizonte, enlevadas naquilo que do castelo se alcança com a vista e se pressente com o coração. Este é um dos locais mais zen de Lisboa e atrai a si um cada vez maior número de visitantes em busca de calma e de tranquilidade.

10. Parque Eduardo VII

É o maior parque do centro da cidade de Lisboa e ocupa uma área de 25 hectares. O parque está dividido em duas zonas verdes arborizadas atravessadas a meio por uma faixa central toda coberta de relva e ladeada por belos passeios com calçada portuguesa. Com inúmeras árvores de ambos os lados, bancos de jardim propícios ao descanso e com uma grande extensão de terreno para caminhar e passear, o Parque Eduardo VII oferece muito espaço para que se possa descansar e desfrutar de momentos de lazer e fuga ao stress da cidade.

Avaliação: