10 benefícios de levantar cedo e como fazê-lo

Apesar de ainda não existirem estudos que comprovam a existência de benefícios de saúde para quem se levanta cedo todos os dias, a verdade é que existem inúmeras outras vantagens para quem se levanta a tempo de ver o sol nascer! Já diz o velho ditado: “deitar cedo e cedo erguer, dá saúde e faz crescer!”.

Saúda cada novo dia. Não haverá melhor sensação do que levantar-se com tempo para saudar um novo dia, de ver o sol nascer, de viver e sentir aqueles momentos de pura serenidade antes da azáfama habitual. Se tiver um ritual para cumprir nesse momento único do dia, tanto melhor. Pode ser rezar, agradecer a Deus, ou a qualquer outra força maior, o milagre da vida. Inspire-se, por exemplo, nas palavras do Dalai Lama:

“Todos os dias quando se levantar pense: que sorte que tenho em ter acordado, em estar vivo. A minha vida é preciosa e não vou desperdiçá-la. Vou canalizar todas as minhas energias para crescer, para ajudar os outros, para pensar positivo e no sentido do bem geral. Não me vou zangar, nem pensar mal dos outros”.

Começar bem. A maioria de nós arrasta-se da cama depois de o despertador ter tocado cinco vezes, corre para se vestir, para vestir as crianças, não tem tempo de tomar o pequeno-almoço, acelera a fundo para deixar os miúdos na escola e segue a alta velocidade para o trabalho, onde chega atrasado, ensonado e mal disposto. Não é a melhor forma de começar o seu dia, pois não? Então, está mais do que na altura de mudar. Ficará admirado com a quantidade de coisas que poderá concretizar ao levantar-se mais cedo e, melhor, a satisfação que irá sentir ao fazê-las.  

Serenidade. Levantar cedo significa que não há bebés a chorar, nem crianças a correr pela casa, nem o som da televisão ou dos carros. As primeiras horas do dia são simplesmente serenas – aproveite-as para organizar as ideias, para planear o seu dia, para passar algum tempo de qualidade consigo próprio, para ler, para respirar.

Ver o sol nascer. Quem se levanta tarde perde um dos maiores espectáculos da natureza – o nascer do sol! É simplesmente maravilhoso ver o dia apoderar-se da noite, observar o céu a transformar-se de azul escuro para claro, ver a luz matinal iluminar a cidade ou o campo, pouco a pouco. Presenciar isto, com uma chávena de café ou chá na mão, é começar o seu dia em paz, é pensar “vai ser um dia fantástico!”.  

Que bom, o pequeno-almoço! Ao levantar-se cedo, vai finalmente ter tempo para tomar o pequeno-almoço – a refeição mais importante do dia! Sim, aquela que lhe fornece o combustível necessário para manter os seus níveis de energia em alta de manhã à noite. Nos dias em que sai de casa a correr, sem meter nada no estômago, chega a meio da manhã e só lhe apetece um café e um croissant cheio de creme. Admita, é verdade! Mesmo depois disso e como ainda não está saciado, chega a hora do almoço e, com a barriga colada às costas, vai engolir um hambúrguer, batatas fritas e um gelado…não é preciso dizer mais nada, pois não? Tudo isso pode mudar, agora que tem tempo para tomar um bom pequeno-almoço. Aliás, vai tornar-se num hábito ao qual nunca mais vai conseguir resistir e ainda bem! 

Exercício físico. Claro que existem muitos outros horários para praticar exercício físico, sem ser ao nascer do sol. Porém, e apesar de saber muito bem  descarregar energias depois de um dia de trabalho, a verdade é que existem mais probabilidades de surgirem compromissos nesse horário do que de manhã cedo.  

Produtividade em alta. Levantou-se cedo, viu o sol nascer, está envolto em silêncio e tranquilidade, tomou um pequeno-almoço revigorante, por isso, estará, certamente, pronto para arregaçar as mangas e começar a trabalhar. Pode ver os seus e-mails, começar a escrever o seu relatório mensal, adiantar o jantar ou lavar roupa – vai espantar-se com a quantidade de tarefas que pode concretizar só por ter dormido um pouco menos. E, no fim do dia, pode relaxar e passar mais tempo com a família ou os amigos! 

Delinear objectivos. Aproveite o ar fresco da manhã para delinear ou rever objectivos – podem ser diários, semanais ou mensais – pense no que pode fazer todos os dias, logo que se levante, para aproximá-lo da concretização dessas metas e faça-o! 

Fazer-se à estrada. Ninguém gosta da hora de ponta. Ao saltar da cama mais cedo, pode evitar as filas de trânsito e uma das piores formas de começar o dia!

 Compromissos. As reuniões ou consultas matinais são muitas vezes sinónimo de atraso… para não falar na má impressão que pode causar! Prepare-se com tempo, desloque-se para onde tem de ir sem pressas e chegue antes da hora marcada (um ponto para si!) – para isso, basta levantar-se mais cedo!  

Levantar-me cedo!? Como? 

Um hábito a adquirir. OK, não é fácil dizer, quanto mais fazer, mas não é impossível! Não faça alterações drásticas na sua rotina matinal de um dia para o outro. Comece devagar, ou seja, nos primeiros dias comece por levantar-se 15 a 30 minutos mais cedo. Nas semanas seguintes, outros 15 minutos e assim sucessivamente até conseguir levantar-se à hora que pretende.  

Deite-se mais cedo. Pode estar habituado a ficar a pé até tarde, a ver televisão ou a navegar na Internet, mas se mantiver este hábito enquanto tenta implementar o outro, mais tarde ou mais cedo, um vai ceder e sabemos muito bem qual deles é que vai ser! Vai aterrar na almofada, dormir até o mais tarde possível, arrastar-se da cama de manhã e ter que começar tudo de novo outra vez. A melhor sugestão para não cair novamente neste ciclo vicioso é deitar-se mais cedo. Se nas primeiras noites tiver dificuldade em adormecer, aproveite para ler aquele livro que tem na mesa de cabeceira há séculos! Se estiver realmente cansado, vai adormecer mais depressa do que imaginava!

 Coloque o despertador longe da cama. Sim, este é um velho truque… que funciona! Se tiver o despertador na mesa de cabeceira, vai desligá-lo vezes sem conta, até finalmente se levantar ou até adormecer novamente. Se estiver longe da cama, terá que se levantar para o desligar. Aí já estará de pé, por isso, agora é só resistir ao impulso de voltar para a cama!

Saia do quarto mal desligue o despertador. Resista ao impulso de voltar para a cama! Ponha essas pernas a mexer e saia imediatamente do quarto – vá lavar a cara com água fresca ou ponha o café a fazer… já passou, já está de pé, pronto para mais um dia!

Não racionalize. Se permitir que o seu cérebro o convença que se calhar levantar-se cedo não é afinal muito boa ideia – porque trabalhou muito ontem, porque precisa de descansar, porque ainda tem muito tempo para se levantar – nunca vai conseguir! Voltar para a cama não pode ser uma opção!

Uma boa razão. Tenha sempre uma boa razão para se levantar cedo, algo que o motive a saltar da cama mal ouça o despertador. Podem ser muitas coisas –fazer jogging, escrever, trabalhar no seu blog, ler, passear o cão, tomar o pequeno-almoço numa esplanada à beira-mar – basta escolher apenas uma!

Um prémio para si. Oferecer-se um “prémio” por se levantar cedo é apenas uma pequena motivação para as primeiras e difíceis manhãs. Pode ser ir buscar croissants frescos à padaria para o pequeno-almoço, beber o seu café e folhear a sua revista preferida na varanda ou fazer Pilates. Se tiver algo que realmente gosta à sua espera todas as manhãs, então vai tornar-se cada vez mais fácil levantar-se cedo… e a melhor parte é que pode manter o seu “prémio” ou ritual pessoal, seja ele qual for.

Aproveite bem o tempo que ganhou. Não se levante uma hora mais cedo apenas para ir navegar para a Internet, a não ser que isso faça parte dos seus objectivos – como fazer pesquisa para um artigo importante, criar um blog ou site. Não vale a pena fazer o esforço para sair da cama mais cedo se não vai aproveitar o tempo que ganhou! Aproveite cada minuto bem… quando a maioria das pessoas se levantar, você já lhes deu um grande avanço!

Avaliação: